Kingo Labs
jogo do compasso
Home » Aleatórios » Jogo do compasso: regras e como jogar

Jogo do compasso: regras e como jogar

Um dos grandes desejos dos seres humanos é fazer contato com pessoas que já morreram. Para isso, foram desenvolvidos diversos tipos de jogos, onde supostamente os espíritos conseguem se manifestar. Um deles é o jogo do compasso, bastante popular em todo o Brasil.

Será que funciona mesmo? Como jogar? Saiba tudo a seguir.

Jogo do compasso

O jogo do compasso é como se fosse uma versão do jogo do copo, mas com algumas alterações. O objetivo dos dois jogos é fazer contato com entidades do além, que supostamente aceitam responder perguntas.

Acreditar que um espirito realmente está respondendo é uma opções, outros preferem acredita que na verdade é o amigo empurrando o copo.

Antes de começar o jogo…

Antes de convencer os seus amigos a participarem do jogo do compasso é necessário conferir se existe no local os itens necessários para esse tipo de brincadeira. Como o nome já diz, é fundamental ter um compasso, assim como uma folha, de preferência uma cartolina, além de caneta ou lápis, para que as marcações possam ser feitas de maneira correta.

Abra o compasso e desenhe um círculo, com o tamanho máximo que as hastes consigam atingir. Depois pegue a caneta ou o lápis e escreva as letras de A até Z, seguindo a ordem alfabética. Escreva os número de 1 até 12, como se fosse um relógio, isso abaixo das letras. No interior destes números escreva as palavras “sim” e “não”.

Como jogar?

Com todos os participantes reunidos em volta de uma mesa, um deles deverá colocar o compasso no meio do desenho, com a agulha virada para baixo, bem no centro do círculo. Esse jogador deverá segurar o objetivo indicado com o dedo indicador direito. É importante que tome cuidado para não movimentar o compasso com sua mão.

Então deverá proferir as palavras: “Se há alguém entre nós que se manifeste agora!”. Deverão esperar por alguns segundos e retornar a perguntar, se a resposta não vier. O jogo começará assim que o compasso marcar a palavra “sim”. Na sequência as perguntas poderão ser feitas, sempre tomando cuidados.

Reze antes de jogar

Pessoas que seguem fielmente as religiões devem rezar antes de iniciar o jogo do compasso. O mais indicado é o Pai Nosso, junto com a Ave Maria. O melhor a fazer é repetir algumas vezes essas orações, assim você provavelmente vai se sentir mais seguro e protegido para participar desse tipo de jogo.

Quantas pessoas podem jogar?

Você até pode tentar jogar sozinho, mas provavelmente não vai dar certo. O melhor a fazer é jogar com pelo menos mais uma pessoa. Cinco é um número ideal de participantes, já que mais pessoas poderão fazer perguntas, aumentando a dinâmica. Se forem dois jogadores, um deve ficar de frente para o outro, caso estejam em mais pessoas, então o indicado é fazer um círculo.

Regras do jogo do compasso

Assim como todo jogo, a brincadeira do compasso também tem as suas regras que precisam ser seguidas para que tudo aconteça de maneira certa. É necessário pedir para entrar e pedir para sair, ninguém deve perguntar se o espirito é do bem ou do mal, também não deve perguntar se ele realmente está ali, outra recomendação é não seguir as ordens que o espirito indicar.

Nenhum participante deve fazer piadas com o espirito e se isso acontecer a pessoa deverá sair do jogo. Esse tipo de jogo não é algo para se divertir, então não deverá ser praticado com frequência. Se por acaso o compasso cair no chão, a partida deverá ser imediatamente interrompida. Tome cuidado para que o objeto não machuque ninguém.

Faça a invocação

Outra versão diz que é preciso proferir as seguintes palavras em voz alta: “Eu te invoco meu ajo sem asas e que me acompanhe nesse jogo e que tudo dê certo!”. As vezes é melhor fazer dos dois tipos e evitar problemas.

Leve o jogo a sério

Embora você não acredite em espíritos e vai jogar apenas para satisfazer os seus amigos que propuseram a brincadeira, é fundamental levar a sério. Se ficar fazendo brincadeiras os resultados apresentados não serão corretos. O jogo do compasso não é apenas para diversão e sim um meio de conversar com espíritos.

Jogue na escuridão

Quem tem coragem deverá participar do jogo do compasso em um ambiente totalmente escuro. Então, junto com os outros participantes prepare a sala de maneira adequada e acenda algumas velas, colocando nas pontas da mesa, de modo que possa ser percebida a direção na qual o compasso apontar. Por outro lado, não existe nenhum tipo de impedimento para que essa atividade seja feita durante o dia.

Espíritos do mal

Quem rezou antes de iniciar o jogo do compasso tem mais chance de ser atendido por espíritos do bem. Mesmo assim, essa possibilidade é bem pequena, visto que na maioria das vezes os espíritos que atendem esse tipo de chamado estão vagando pela Terra e decidem atormentar a vida de alguém.

Como sair do jogo do compasso?

Jamais saia do jogo sem pedir para o espirito e nem feche o compasso. Embora você não deva seguir as orientações dele, essa medida é fundamental. O mesmo vale para o começo do jogo, perguntando se pode jogar. É melhor fazer isso do que ser perseguido depois.

O que a ciência diz sobre o jogo do compasso?

O jogo do compasso já foi alvo de muitas teorias e estudos. Pesquisadores chegaram à conclusão de que as respostas indicadas pelo compasso nada tem a ver com espíritos. Quem faz ele se mover é o Efeito Ideomotor. Esse fenômeno foi descrito pela primeira vez em 1852 por William Benjamin Carpenter, explicando que o corpo humano pode fazer alguns movimentos involuntários.

O prefixo “ideo” vem de ideia ou representação mental e “motor” significa ação muscular. Dessa forma, ao colocar o dedo indicador sobre o compasso ele começa a se mexer “sozinho”. Estudos já apontaram que o Efeito Ideomotor age com mais fluidez quando a pessoa imagina que não é a responsável pelo movimento.