Kingo Labs
Teria sido melhor ver o filme do Pelé
Home » Aleatórios » Teria sido melhor ver o filme do Pelé

Teria sido melhor ver o filme do Pelé

Se você já assistiu o seriado Chaves certamente se lembra da icônica frase “teria sido melhor ir ver o filme do Pelé”. Ela foi adaptada para a versão brasileira, já que no original mexicano Chaves fala sobre um outro filme. Mas, não importa, virou sucesso no Brasil e é lembrada até hoje. O que Chaves falou na versão original? Pelé tem filme? Saiba tudo a seguir.

Teria sido melhor ir ver o filme do Pelé

Quem nunca enviou aquele meme da turma do Chaves no cinema com essa frase pelo WhatsApp? A frase foi dita lá em 1979 pela primeira vez, mas não era bem isso. A versão que conhecemos foi adaptada do espanhol, até com a mudança de nome do filme. Isso aconteceu para não causar estranheza nos brasileiros.

Essa frase realmente existiu?

Não. Sabemos que Chaves é um seriado mexicano, exibido no Brasil desde meados da década de 1980 e todas as dublagens passam por alguns ajustes, de acordo com o país em que são exibidos. No Brasil, a frase “teria sido melhor ir ver o filme do Pelé” se tornou bastante popular, embora ela nunca tenha existido na versão original.

O que diz a frase original?

Quando estavam no cinema, Chaves estava com os amigos da vila e soltou a seguinte frase: “Mejor hubieramos ido a ver al Chanfle!”. O garoto do barril estava se referindo ao filme “El Chanfle”, de 1979, foi protagonizado por Roberto Bolaños e todo o elenco de Chaves. Esse filme jamais foi exibido no Brasil.

Como era a história de El Chanfle?

El Chanfle é considerado o melhor filme da história por muitos mexicanos. A obra foi dirigida por Enrique Segoviano, o mesmo de Chaves e Chapolin. Uma curiosidade é que foi a única produção a contar com Seu Madruga, Quico e o carteiro Jaiminho, isso porque Ramón Valdés e Carlos Villagrán deixaram a série em 1979, justamente quando Jaiminho entrou.

Chanfle, interpretado por Bolaños, é roupeiro do América do México, uma das equipes mais populares do país. Seu maior sonho é ter um filho que um dia se torne jogador de futebol e utilize a camisa 10. O homem não tinha muito dinheiro, então ele e sua esposa Teresa (Florinda Meza) viviam em dificuldades, Chanfle ainda passou por uma situação cabulosa.

Em que episódio foi dita a frase?

A frase foi dita no episódio “Vamos ao Cinema”, o primeiro da temporada de 1979. Nesse mesmo episódio, Chaves diz que no filme existe um treinador que é a cara do Seu Madruga, logo o técnico do América do México no filme era interpretado por Ramón Valdés.

Na história, Chaves foi convidado pelo Senhor Barriga para ir até o cinema, e depois de muitas trocas de lugares, começou a repetir a clássica frase, para nós “Era melhor ir ver o filme do Pelé”. O episódio não contou com a participação de Carlos Villagrán, que já havia deixado o seriado por desentendimentos com Bolaños.

E por que fizeram a adaptação?

Hoje em dia o filme El Chanfle é encontrado facilmente na internet, para quem deseja baixar e assistir. Aqui você pode ver legendado no YouTube. Só que na época em que o seriado estava sendo dublado para o Brasil, a produção ainda não havia sido exibida em nosso país, logo a frase não faria sentido. Então resolveram usar o nome de Pelé, um ídolo mundial, embora ele não tivesse filme naquela época.

Virou meme no Brasil

Chaves é exibido pelo SBT desde 1984 e até poucos anos ainda existiam episódios inéditos. O sucesso é tão grande em nosso país, que o seriado jamais deixou de ser transmitido na televisão. Logo, não poderia deixar de virar meme. Primeiro foi no Facebook e depois no Instagram, que a imagem do jovem passou a ser reproduzida com a clássica frase “teria sido melhor ir ver o filme do Pelé”, geralmente utilizada em situações chatas.

E Pelé tem filme?

Sim. Foi lançado em 2004 o documentário Pelé Eterno, uma homenagem a um dos maiores artilheiros de todos os tempos do futebol. A produção levou cinco anos para ser concluída, devida a extensa linha de pesquisa que seguiu. O orçamento da produção foi de R$ 6 milhões, sendo distribuído a nível mundial pela United International Pictures.

Pelé Eterno mostra a trajetória do ídolo desde que era apenas Edson Arantes do Nascimento. O filme apresenta uma narrativa cronológica, com Pelé falando sobre as suas principais conquistas, os jogos que marcaram a sua carreira e ilustrações para cada um dos momentos. São exibidos diversos gols, dribles e jogadas de técnica. Chaves teria adorado assistir essa produção.

Os Trombadinhas

Essa alternativa é a que faz mais sentido. Em 1979 foi lançado o filme “Os Trombadinhas”, que tem a participação de Pelé. O ex-jogador faz de tudo para prender marginais que comandavam crianças durante assaltos. Será que Chaves assistiu este filme? Talvez não, mas ajudou com o marketing.

Pelé já tinha um filme

O primeiro filme sobre o maior artilheiro da história da Seleção Brasileira foi produzido em 1962. “O Rei Pelé” foi baseada em um livro escrito por Benedito Ruy Barbosa, trazendo diálogos de Nélson Rodrigues. A narração é de Lima Duarte, com Laura Cardoso no elenco.

Filme do Pelé com Sylvester Stallone

Chaves também poderia ter assistido a produção “Fuga para a Vitória”, de 1981, com as participações de Pelé, Sylvester Stallone, Michael Caine e Bobby Moore. O filme conta a história de prisioneiros durante a Segunda Guerra Mundial, que disputariam uma partida contra a equipe dos nazistas. Um lado buscava a vitória e o outro queria apenas fugir durante o intervalo.

E Pelé ganhou mais um filme

Quem assiste Chaves hoje em dia e ouve a frase “teria sido melhor ir ver o filme do Pelé” nem se surpreende, já que existem filmes sobre o rei do futebol. O último deles “Pelé: O Nascimento de uma Lenda”, foi lançado em 2016. Teve filmagens no Rio de Janeiro e em Los Angeles. Apresenta a história de Edson Arantes do Nascimento desde garoto até a consagração.