Kingo Labs
Perigos das tatuagens
Home » Aleatórios » Os perigos das tatuagens: veja os cuidados que você deve ter antes de fazer a sua!

Os perigos das tatuagens: veja os cuidados que você deve ter antes de fazer a sua!

As tatuagens conquistaram muita gente em todo o mundo, seja para homenagear algum parente ou para comemorar uma conquista do time de futebol. Elas podem ter diversos significados, por outro lado, podem trazer uma série de problemas para a saúde de quem possui. Por que isso acontece? Quais as mais perigosas? Aqui você vai ficar por dentro deste assunto que tem deixado muita gente preocupada.

Perigos das tatuagens

As tatuagens seguem populares e hoje em dia não são encaradas de maneira preconceituosa como acontecia em décadas passadas. As pessoas podem fazer tatuagens com diversos significados, ou com nenhuma representatividades, apenas por achar bonito. Não importa. Elas podem fazer mal para a sua saúde, principalmente se forem coloridas.

Perigos das tatuagens

Tintas mais perigosas

Existem tatuagens das mais diversas cores, sendo que algumas delas apresentam mais riscos para a saúde. As tintas vermelhas, laranjas e amarelas apresentam o composto azólico, e podem se desintegrar quando expostas ao sol, espalhando-se pelo corpo e elevando o risco do câncer de pele. É claro que o risco é mínimo, mas se possível evite estas cores em locais que geralmente ficam descobertos.

Cores alérgicas

As cores verde e azul em tons metálicos possuem níquel e dessa forma podem ser as responsáveis pelo surgimento da alergia. Quem tem tatuagens dessas cores deve evitar o contato com cosméticos e bijuterias. Outra cor perigosa é a preta, pois vem com carbon black, feita à base de petróleo, alcatrão e borracha. Ela aumenta as toxinas do corpo e eleva a chance de doenças.

Quais são os principais perigos das tatuagens?

Existem quatro riscos principais em relação as tatuagens. O primeiro deles é a reação alérgica, que pode surgir anos após a realização da tatuagem. Junto poderá surgir a coceira, com inflamação e descamação do local. Seu corpo poderá apresentar cicatrizes com relevo e inchaço, que são formações conhecidas por queloides.

A tinta pode se espalhar pelo corpo

Quem faz tatuagens, principalmente as coloridas, pode ter uma série de problemas. A tinta poderá “desmanchar” e se espalhar por todo o corpo, por meio da circulação linfática. Mesmo fruto de muita pesquisa, os médicos ainda não conseguiram encontrar respostas para a condição. Talvez aumente as chances de câncer, mas como essa doença é misteriosa é complicado garantir que exista uma ligação direta.

Algumas substâncias são medicamentos

Essas tintas são aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mesmo assim podem trazer algumas complicações para os tatuados. Ainda não existem muitos estudos acerca dos efeitos das tatuagens, dessa forma é complicado afirmar o que estas tintas classificadas como medicamentos podem fazer. Para piorar, não são permitidos testes com animais.

Tome cuidado no momento de fazer a tatuagem

Para diminuir a possibilidade de algum problema futuro, é preciso tomar cuidado desde o início. É fundamental que todo o material utilizado seja novo e descartável, evitando contaminações. Sabe aquelas tatuagens com desenhos? É bom evitar e optar pelas pretas, que possuem menos chances de causarem problemas graves em sua saúde.

Não faça tatuagens em cima de pintas ou manchas, porque isso complicará o controle delas. É preciso tomar cuidado com a pele depois fazer a tatuagem, passando pomada conforme o indicado e aplicando protetor solar sempre que se expor ao sol. Deverá ficar pelo menos 4 meses sem doar sangue e 2 meses sem ir à praia ou piscina.

Tatuagem de henna é perigosa?

Sim. Quem faz tatuagem de henna estará se expondo a uma série de riscos. Acontece que a tinta preta pode causar alergia em contato com a sua pele. Os principais sintomas são coceira, vermelhidão, manchas, bolhas e descoloração da pele na região tatuada, além de manchas vermelhas que podem aparecer até 12 dias após a aplicação.

Se você fizer uma tatuagem de henna e apresentar algum problema, é necessário ir ao dermatologista e iniciar o tratamento, que é feito com a retirado do produto de seu corpo, seguido pela aplicação de cremes e loções. Mesmo com a remoção da henna, o local poderá continuar com tonalidades diferentes na pele ou com relevo.

Henna é natural?

As tatuagens de henna utilizam um corante vindo da planta Lawsonia inermis sp, que produz pó assim que é seca. Esse pó é misturado com uma pasta e possibilita a aplicação na pele. As tatuagens de henna normalmente são escuras, já que essa mistura é de cor marrom. Para atingir o tom preto, passa por outros procedimentos, com a adição de corantes.

Tive problemas, o que fazer?

A partir do momento que você sentir alterações na pele, seja no local da tatuagem ou em suas proximidades, o melhor a fazer é procurar um médico. Ele pedirá exames e se for necessário o tratamento será iniciado, com medicamentos adequados para controlar os sintomas. Em alguns casos, as tatuagens podem dar início a uma doença e o melhor a fazer é removê-las.

Posso remover uma tatuagem?

Sim. O primeiro passo se você deseja remover definitivamente uma tatuagem é consultar um dermatologista, que fará uma análise da pele e irá indicar a melhor alternativa para a realização do procedimento. As tatuagens mais novas, feitas há menos de 1 ano, são as mais fáceis de serem retiradas da pele.

O método mais conhecido envolve laser, porém, dói e é bastante caro. Utiliza um feixe de luz concentrada que penetra na pele e destrói as camadas de tinta, eliminando totalmente o desenho. Podem ser necessárias mais de 10 sessões para que o resultado seja satisfatório. Quanto maior e mais colorida for a tatuagem, mais difícil será a retirada.

Outras formas de remoção

Existem alguns cremes para a remoção de tatuagens, e você pode aplicar na sua casa. Eles ajudam a clarear o corpo após alguns meses de aplicação e não criam lesões na pele. Esse tratamento não é tão eficaz quanto por laser. Os cremes custam em média R$ 600.

Outro método é por dermoabrasão. É um sistema que utiliza um disco em alta rotação, removendo as camadas superficiais da pele. É um tratamento doloroso e que pode não apresentar resultados satisfatórios. Cada sessão sai entre R$ 100 e R$ 200.

Posts que você vai gostar: