Kingo Labs
Países mais ricos da África
Home » Finanças e Dinheiro » Países mais ricos da África

Países mais ricos da África

O continente africano é o mais pobre entre todos, já que muitos de seus países foram colônias até meados do século XX. O progresso demorou para chegar e o desenvolvimento caminha a passos curtos. Hoje em dia já existem países africanos entre os 30 mais ricos do mundo.

Quais apresentam melhores condições de vida? Confira no ranking a seguir.

Países mais ricos da África

O Produto Interno Bruto (PIB) é a medida utilizada para definir a riqueza de um país. Ele é a soma de tudo o que é produzido e comercializado. Outro indicador importante para definir a riqueza de um país é o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), sendo que quanto mais elevado melhor.

11º – Tunísia

A Tunísia abre o nosso ranking de países mais ricos da África com 40,26 bilhões de dólares. A economia tem encolhido desde 2014, quando esteve no auge.  O país tem 11,1 milhões de habitantes e renda per capita de 4.270,31 dólares, com expectativa de vida em 75,73 anos.

10º – Etiópia

A Etiópia é um dos países mais ricos do continente africano. Cerca de 105 milhões de pessoas vivem por lá, tendo um PIB per capita de US$ 767,56. Eles utilizam a moeda Birr Etíope e tem IDH baixo, conforme informações de 2017, com 0,463, ocupando a posição 173 do mundo. A maioria da população, em torno de 80%, sobrevive da agricultura.

9º – Líbia

O PIB da Líbia é de 50,98 bilhões, mas a população é pequena, de 6,3 milhões de pessoas, assim a renda per capita é alta, com 7.998,03 de dóares, sendo a maior do ranking. A economia tem passado por altos e baixos desde 2008, quando estava mais acima entre os mais ricos do continente.

8º – Quênia

País de maratonistas, o Quênia tem PIB de 74,94 bilhões de dólares. São cerca de 50 milhões de pessoas morando lá, com renda média de 1.507,81. A economia é focada no setor agrícola, em produtos como chá, café e milho.

7º – Marrocos

O PIB do Marrocos é de 109,1 bilhões de dólares, vindo numa forte crescente desde 2003. A população do país fica em 31,6 milhões de habitantes, que possuem renda média de 2.884,95 dólares. O Marrocos é classificado como um país emergente de economia mista. O país possui tratados de exportação com os Estados Unidos e a União Europeia, aumentando o PIB.

6º – Sudão

O Sudão é um dos países que mais tem crescido na África, em 2008 o PIB era de 54,53 bilhões, chegando a 117,5 bilhões em 2017. A população é de 40,53 milhões de habitantes, com renda per capita de 2.898,55 dólares. O solo do país é rico em materiais como petróleo, gás natural, ouro, prata e manganês.

5º – Angola

A Angola é o país mais bem colocado que fala Português na África. O PIB é de 124,2 bilhões de dólares, com 29,7 milhões de habitantes e renda per capita de 4.170,31 dólares. A expectava de vida é baixa, com 61 anos apenas. É um país rico em minerais, como diamante, petróleo e ferro, além de jazidas de cobre, manganês, sal, chumbo e estanho.

4º – Argélia

A Argélia tem PIB de 170,4 bilhões de dólares, ficando bem abaixo do país que abre o pódio dos mais ricos da África. A população é de 41,3 milhões, com renda per capita de 4.123,39, um dos mais elevados do continente, assim como a expectava de vida, superior a 76 anos de idade. O Banco Mundial classifica a Argélia como um país de renda média-alta.

As produções envolvendo hidrocarboneto são as que mais rendem no país. Nos últimos anos o governo vem lutando para diversificar as atividade e atrair investimento estrangeiro. Recentemente foram suspensas as privatizações de industrias estatais e foram impostas restrições às importações, buscando desenvolver o comércio local.

3º – Egito

Na terra das pirâmides, o PIB é de 235,4 bilhões de dólares, um dos mais elevados do continente africano. O valor per capita médio fica em 2.412,74 dólares, com expectava de vida em 71,48 anos, para uma população de 98 milhões de pessoas. Embora tenha uma história milenar, acabou sendo dominado Reino Unido e conseguiu a declaração de independência somente em 1953.

A economia egípcia é uma das mais variadas do Oriente Médio e ao longo do século XXI a expectativa é de que passe a ser uma das principais do planeta. Os setores com mais destaque são a agricultura, a exportação de petróleo e gás natural, além do turismo. Muitos egípcios acabam indo trabalhar em países da Europa e na Arábia Saudita.

2º – África do Sul

Em 2017 o PIB da África do Sul era de 349,4 bilhões de dólares, com renda per capita de 6.160,73 dólares. A população do país é de 56,72 milhões, por isso a renda por pessoa acaba sendo maior do que a líder do ranking que você verá a seguir. O melhor resultado do país, conforme o Banco Mundial, foi em 2011, com PIB de 416,9 bilhões de dólares.

O país que recebeu a Copa do Mundo de 2010 é considerado de renda média, com oferta abundante de recursos naturais. Tem um setor financeiro bem desenvolvido, assim como a parte jurídica, de comunicações, energia e transportes. O desenvolvimento do país está concentrado nas áreas metropolitanas da Cidade do Cabo, Port Elizabeth, Durban e Pretória.

1º – Nigéria

Atualmente com 191 milhões de pessoas, a Nigéria é considerada o país mais rico da África. Em 2017 o PIB era de 375,8 bilhões de dólares, sofrendo uma grande queda em relação a 2015, quando bateu 568,5 bilhões. A renda per capita da população fica em 1.968,56 dólares, com expectativa de crescimento para os próximos anos.

A economia é classificada como mista e um mercado emergente. Conforme o Banco Mundial, conseguiram atingir o nível de renda média-baixa. Existem setores financeiros importantes na Nigéria, como as telecomunicações, transportes e o mercado de ações da Bolsa de Valores Nigeriana. Atualmente o país está entre os 30 primeiros em relação ao PIB mundial.