Kingo Labs
Feira de ciências
Home » Ciência » Experiências para feira de ciências

Experiências para feira de ciências

Está chegando a feira de ciências na escola e você ainda não preparou nada? Calma, aqui iremos falar sobre diversas experiências simples de fazer e que encantam quem assiste. Continue lendo o nosso artigo e aprenda diversas opções, que poderão ser testadas em casa e depois apresentadas para os seus colegas.

Lata que implode

Essa experiência é bem simples de fazer e legal de assistir, você pode fazer em casa para treinar e depois apresentar na sua feira. Pegue uma lata de refrigerante vazia, um recipiente com água e luvas de cozinhar. Coloque um pouco de álcool dentro da latinha e leve ao fogo por alguns segundos, na sequência coloque a lata na bacia com água, que deve estar em temperatura ambiente. Assim que encostar a lata no líquido, ela irá implodir totalmente.

Ovo na garrafa

Essa experiência é semelhante a anterior, já que lida com a pressão do ar. Certamente o gargalo é menor do que as dimensões do ovo, mas um fenômeno fará ele passar pelo local. Tenha em mãos algodão e coloque fogo, jogando no fundo da garrafa, na sequência basta colocar o ovo na boquinha da garrafa que ele vai entrar. Isso acontece já que o dióxido de carbono ocupa menos espaço do que o ar, assim a pressão dentro da garrafa é maior do que fora, sugando o ovo.

Construa uma bússola

Um dos equipamentos mais antigos utilizado em viagens, a bússola continua popular nas feiras de ciência. É fácil de construir, embora não fique tão precisa. Para desenvolver essa experiência, tenha em mãos um imã, uma agulha, uma rolha de cortiça ou um pedaço de isopor, também uma fita adesiva e uma vasilha com água.

A agulha deverá ser magnetizada, passando sua ponta em uma das extremidades do imã, faça isso umas 20 vezes, sempre no mesmo sentido. Cole na agulha a rolha ou o isopor, passando a fita adesiva e depois ponha no recipiente. Mesmo se você mexer na agulha, ela deverá sempre voltar a apontar para o Norte. O planeta possui polos magnetizados, fazendo essa atração natural.

Régua resistente

Quebrar uma régua de plástico é algo bem simples, correto? Com esse experimento será preciso de um martelo para conseguir tal feito. Se colocar duas folhas de jornal sobre esta régua, alinhadas com uma mesa, pode tentar bater com força e não vai conseguir fazer ela mexer. Isso acontece porque existe uma grande pressão sobre o papel. Descubra no vídeo como fazer:

Refrigerante gelado em instantes

Outra experiência simples, que pode ser utilizada em casa se você estiver com pressa, e que vai conquistar a feira de ciência envolve gelar refrigerante em até três minutos. Tenha em mãos um recipiente que caiba a sua bebida, álcool, água e sal, somente isso. Com uma garrafa, encha metade com álcool e outra metade com água, colocando também um pouco de sal, levando para gelar.

Depois você deve colocar o seu refrigerante em um recipiente que ele caiba e cobrir com a mistura gelada. Após três minutos, a bebida estará cerca de 4ºC, considerando uma temperatura ambiente de 25ºC. Isso acontece já que o sal não deixa a água congelar, mantendo a mistura líquida.

Areia movediça

Não é bem areia, mas é movediça e parecido. Tenha em mãos maisena, um recipiente de vidro e água. Primeiro a maisena deve ser colocada neste vidro, depois a água deve ser adicionada aos poucos, misturando esses ingredientes com a mão, até que fique na cor de mel.

Se tocar de maneira sutil nessa mistura, vai aparentar estar líquida, se fizer isso com força, parecerá sólida. Essa mistura adquire uma característica interessante. Se algum objeto for colocado dentro, e você tentar pegar com rapidez, não vai conseguir, apresentando resistência, se fizer devagar fica mais fácil. Essa característica não está presente em todos os líquidos.

Gelo quente

Se deseja fazer algo mais elaborado, desenvolver gelo quente instantâneo pode ser uma boa alternativa. Na verdade, não é tão complicado de produzir, o difícil é ter em casa acetato de sódio. Esse elemento deve ser dissolvido em água quase fervendo, até que não possa mais ser absorvido. Após terminar a dissolução, coloque em um copo de vidro. Leve para a geladeira e deixe esfriar, depois é só conferir o seu gelo quente.

Pilha caseira

É possível acender até mesmo uma lâmpada utilizando frutas. Você poderá apresentar na feira de ciências uma pilha caseira, desenvolvida com a utilização de limões. Essa fruta tem ácido, que produz energia quando recebe dois tipos diferentes de metal. A experiência depende da concentração de ácido, podendo ser feita até mesmo com laranjas.

Se pegar diversas unidades da fruta, poderá até mesmo acender uma lâmpada LED. Conecte o polo positivo de uma, no negativo da outra. Para que a sua experiência seja bem-sucedida, é indicado que tenha em casa também eletrodos. É interessante, pois mostra que é possível utilizar diferentes formas para se conseguir energia e não apenas as convencionais que conhecemos.

Mentos na Coca-Cola

Essa deve ser uma das experiências mais apresentadas nas feiras de ciência, todo mundo já viu, mesmo assim sempre é legal assistir ao refrigerante esbordando. Funciona porque o açúcar atua como um catalisador da água com gás, fazendo com que o líquido seja liberado rapidamente. É parecido com a experiência de por bala de menta na bebida.

Geleca magnética

A geleca magnética consiste em um material viscoso, semelhante aquele que anda junto com o Venom, nos quadrinhos e nos filmes, só que não é viva. Possui partículas ferromagnéticas no seu interior, assim sendo atraída por um imã, proporcionando diversos movimentos.

Cores escondidas

Certamente você já deve ter utilizado alguma canetinha na sua vida. Saiba que as cores preta e marrom são formadas por misturas de outras cores. Com álcool, filtro de café, um copo e as canetinhas hidrocolor em suas mãos, poderá fazer essa descoberta. Primeiro faça um círculo no filtro de café, depois coloque esse filtro dentro de um copo e não deixe o álcool encostar na parte riscada. O filtro sugará o álcool e as cores irão aparecer aos poucos.