Kingo Labs
Curiosidades e Fatos sobre a Lagoa Azul
Início » Vida de nerd » Filmes e Séries » Curiosidades e Fatos sobre a Lagoa Azul

Curiosidades e Fatos sobre a Lagoa Azul

A Lagoa Azul se tornou um clássico no Brasil por ter passado tantas vezes na televisão. Quem era nascido nas décadas de 1980 e 1990 com certeza lembra do filme, que até hoje continua indo ao ar. Quer saber mais sobre essa produção polêmica por envolver jovens com pouca roupa? Continue lendo se torne um expert em Lagoa Azul.

Adolescente Brooke Shields

A atriz Brooke Shields tinha apenas 14 anos em 1980, durante as filmagens de A Lagoa Azul. Ela fez muito sucesso durante as décadas de 1980 e 1990, participando de diversos filmes abordando a sua adolescência. Inclusive chegou a ter um relacionamento amoroso com o cantor Michael Jackson e depois com o ex-tenista Andre Agassi.

A Lagoa Azul contava a história de dois jovens perdidos em uma ilha completamente deserta. Desde que a personagem “Emmeline” era criança, os seus seios apareciam por falta de roupa nessa região do corpo. Assim, a direção do filme utilizou um truque, colocando os cabelos da atriz em seus seios, evitando que aparecessem.

A descoberta de uma nova espécie

Durante as filmagens de A Lagoa Azul, uma diferente espécie de iguana foi filmada. Com o filme fazendo imenso sucesso, especialistas acabaram identificando o animal. A produção foi gravada em Fiji e a constatação veio após uma viagem do herpetologista John Gibbons até essas terras. Foi comprovado também que não existiam vestígios científicos desse animal.

Indicado ao Óscar

A Lagoa Azul chegou a receber uma indicação para o Óscar, como Melhor Fotografia, para Néstor Almendros. O ator Christopher Atkins foi indicado ao Globo de Ouro na categoria Melhor Ator Revelação. Outra premiação, esta não tão qualificada, foi vencida por Brooke Shields, que venceu o Framboesa de Ouro como Pior Atriz.

Romance verdadeiro

Os protagonistas do filme, Christopher Atkins e Brooke Shields, chegaram a ter um verdadeiro caso amoroso durante as filmagens de A Lagoa Azul. A paixão foi repentina e não durou muito tempo, já que ele procurava ficar sozinho, buscando inspiração para interpretar o personagem. Ainda assim, chegou a durar algumas semanas.

A ilha deserta

Assim como a história do longa conta, basicamente todas as imagens foram gravadas numa verdadeira ilha deserta. De acordo com o diretor da obra, Randal Kleiser, a equipe construiu uma aldeia no local, que não tinha estradas, energia elétrica ou água encanada. Por outro lado, a paisagem era paradisíaca.

Bilheteria de sucesso

Considerando todos os custos para a produção do filme, incluindo as viagens e o cachê dos atores, o orçamento ficou em US$ 4,5 milhões, a arrecadação nos cinemas, considerando apenas a América do Norte, foi um grande sucesso, chegando a US$ 58,8 milhões em bilheteria. A arrecadação foi 13 vezes maior do que o custo. Para efeito de comparação, Titanic custou US$ 200 milhões e arrecadou US$ 2,1 bilhões.

Lançamento do filme

Naquela época não era igual hoje, que um filme é lançado nos Estados Unidos e logo chega ao Brasil, ou mesmo é lançado primeiro aqui. No país de origem chegou as telonas no dia 20 de junho de 1980 e no Brasil em 12 de setembro do mesmo ano, já os portugueses tiveram que esperar mais um pouco, até 16 de janeiro de 1981.

Elenco

A atriz Brooke Shields tinha 14 anos quando interpretou Emmeline Lestrange e o seu par romântico, Christopher Atkins, que fez Richard Lestrange, tinha 18 anos. O elenco contou ainda com Leo McKern como Paddy Button e com William Daniels como Arthur Lestrange nos papeis principais. O ator Gus Mercurio apareceu como Officer.

A Lagoa Azul no Brasil

Quase quatro décadas depois, o filme continua sendo um dos mais lembrados pelos brasileiros, tamanha a quantidade de vezes que a Rede Globo reprisou. Assim que chegou ao país foi dublado pelo lendário estúdio Herbert Richers. Virou tradição ouvir aquela voz anunciando no começo do filme, “Versão brasileira, Herbert Richers”.

Em 2018 foi divulgado um ranking com os filmes que mais vezes foram transmitidos na Sessão da Tarde, a própria TV Globo lançou a informação em suas redes sociais. A primeira exibição de A Lagoa Azul aconteceu em 1987, depois vieram outras 19. O campeão do ranking é Ghost, que foi transmitido inicialmente em 1993, chegando a 25 exibições.

Pornografia infantil?

Como os personagens eram jovens e vestiam pouca roupa, o lançamento gerou polêmica. Uma jornalista norte-americana, Rona Barret, comparou o filme à pornografia infantil. Porém, a atriz Brooke Shields e toda a equipe sempre alegaram que havia dublê para as cenas quentes e de nudez.

Baseado em livros

O filme A Lagoa Azul foi baseado em uma trilogia de livros escrita por Henry De Vere Stacpoole. Porém, existe uma sutil diferença entre o filme e os livros, na obra de Stacpoole existe uma preocupação mais elevada com as questões sexuais abordadas. Já no filme o casal de protagonistas se descobre de uma forma mais explicita.

Esses livros já haviam ido ao cinema

Pois é, foi somente na terceira tentativa que a trilogia deu certo nas telonas. A primeira adaptação aconteceu em 1923, pelo diretor W. Bowden, numa versão muda, já a segunda veio em 1949, com o cineasta Frank Launder, essa versão fez um certo sucesso. Mas, o grande boom veio com A Lagoa Azul.

A Lagoa Azul (1949)

Como já citamos, o filme teve outras versões. A sinopse da obra lançada em 1949 é a mesma do clássico de 1980. Marilyn Monroe por pouco não foi escolhida para viver a protagonista, o mesmo aconteceu com Roger Moore, que depois deu vida a James Bond. Imagina se tivesse acontecido.

Onde fica a lagoa azul do filme?

As cenas foram gravadas em Fiji, um país formado por ilhas e localizado na Oceania. A ilha é privada e aberta ao público, carregando o nome Turtle Island ou Ilha da Tartaruga. Conta com 14 praias e receber no máximo 14 famílias por vez. Hoje em dia o local parece outro e sempre se gaba com o título “Uma vez descoberto, nunca esquecido”, fazendo relação com o filme. Para visitar é preciso pagar uma boa grana.