Kingo Labs
Albert Pike
Home » História » Albert Pike e os cavaleiros da Ku klux kan

Albert Pike e os cavaleiros da Ku klux kan

Membros da Ku Klux Klan aterrorizaram muita gente entre o fim do século XIX e o começo do século XX nos Estados Unidos. Este grupo buscava o extermínio de povos que eles consideravam como impuros. Albert Pike teria sido uma das principais mentes por trás das ações desenvolvidas por eles. Qual era a relação que existia? Confira a seguir.

Quem foi Albert Pike?

Albert Pike nasceu no dia 29 de dezembro de 1809 em Boston, nos Estados Unidos. Exerceu funções de advocacia, foi militar, escritor e maçom. A partir de 1840 passou a se envolver com a Maçonaria, se tornando um dos membros mais ativos. Uma década mais tarde, foi convencido pelo médico Albert Mackey a ingressar no Rito Escocês, chegando ao 32º grau.

Em 1859 Albert Pike foi eleito Soberano Grande Comendador para o sul. Porém, a Guerra Civil Americana impediu que ele pudesse colocar em prática tudo o que havia planejado. Ele é considerado um dos principais influenciadores francomaçom, sendo ligado ainda a Ku Klux Klan, onde é apontado como possível fundador, ou influenciador.

O que é Ku Klux Klan?

A Ku Klux Klan (KKK) foi uma organização que atuou nos Estados Unidos durante vários anos, espalhados por três fases. Em seu auge foram mais de 6 milhões de participantes. O objetivo deles era fazer com que a sociedade norte-americana fosse purificada, a partir disso acreditavam que negros, judeus e ciganos não eram dignos e deveriam ser mortos.

A Ku Klux Klan perdeu força após a crise de 1929 e retornou com tudo nos anos de 1960, quando esteve envolvida em combater movimentos que buscavam direitos civis e a igualdade nos Estados Unidos. A KKK continua existindo até hoje, embora o número de membros seja bem menor, outros membros passaram a integrar grupos ainda mais violentos.

O que era o Rito Escocês?

O Rito Escocês é um dos vários ritos maçônicos. Os ensinamentos sobre este conteúdo são passados por graus, onde cada um deles apresenta ensinamentos e cerimônias próprias. Aqui no Brasil é o modelo mais utilizado, assim os leigos consideram ele como a Maçonaria em si. Para subir do quarto ao trigésimo terceiro nível é preciso fazer parte das Lojas de Perfeição.

Albert Pike é o principal responsável pela revisão e estruturação destes conteúdos. Durante o século XX foi considerado um instrumento utilizado de maneira estratégica pela família real britânica, enquanto estes atacavam os Estados Unidos. A atuação da Ku Klux Klan está entre os principais atos que teriam sido praticados por meio do Rito Escocês.

Albert Pike fundou a Ku Klux Klan?

Consta que em 1867 Albert Pike fundou a Ordem dos Cavaleiros da Ku Klux Klan, onde chegou ao posto de “grande dragão”. O símbolo adotado foi o da cruz de malta. Ele se considerava um satanista e em um de seus discursos disse: “A Lei eterna diz que não existe luz sem sombra, beleza sem feiura, brancura sem negrume, pois o absoluto não pode existir a não ser em dois Deuses”.

Oficialmente o primeiro grupo conhecido por “Klan” nos Estados Unidos apareceu no fim da década de 1860, perdendo força logo nos primeiros anos da década seguinte. O objetivo deles era derrubar governos que estavam na Era da Reconstrução, iniciada logo após a Guerra de Secessão, a Guerra Civil Americana.

Albert Pike era um colaborador da Ku Klux Klan?

Ele não chegou a ser o verdadeiro fundador desta sociedade secreta, papel que é atribuído ao general Nathan Bedford Forrest, do Tennessee. Este foi o principal condutor da Ku Klux Klan até que o grupo fosse banido de maneira oficial em 1872, já que era considerada uma entidade voltada para o terrorismo.

Em relação a Albert Pike, ele teve bastante influência nas medidas tomadas pela KKK. Chegou a ser citado inclusive como o líder da organização no estado do Arkansas. Porém, até hoje existe controvérsias em relação a sua efetiva participação neste tipo de movimento, alguns historiadores chegam a afirmar que seria impossível garantir a questão.

Como entrar na Ku Klux Klan?

Para ser aceito no grupo a pessoa precisava passar por um ritual de iniciação. Acontecia algo semelhante a Maçonaria, onde a pessoa não pode revelar o que faz enquanto está reunida com os seus parceiros. Os candidatos eram também interrogados pelos membros mais velhos e experientes. Com o passar dos anos a entrada ficou mais fácil, aumentando rapidamente a quantidade de participantes.

Qual era o objetivo da Ku Klux Klan?

Os membros da Ku Klux Klan tinham como objetivo principal dificultar o avanço dos negros em relação a sociedade americana, o mesmo se estendia para imigrantes judeus. Faziam o que fosse possível para que eles não conseguissem comprar terras logo após o fim da escravidão. Os membros eram ultranacionalistas e fanáticos religiosos, seguidores do protestantismo.

Ku Klux Klan é ligada a Maçonaria?

Existem boatos de que Albert Pike possui ligações com os Cavaleiros do Círculo Dourado, uma sociedade secreta que trabalhava para garantir benefícios para os moradores do sul dos Estados Unidos. Essa ordem teria conexões com a Ku Klux Klan. Acontece que a KKK buscava o extermínio dos negros, enquanto supostamente os maçons pensam em dominar o mundo, logo os dois grupos podem ter atuado junto.

Quem foram os Cavaleiros do Círculos Dourado?

Os Cavaleiros do Círculo Dourado consistiam numa sociedade secreta formada para defender os sulistas. Alguns historiadores pensam que o objetivo deles era anexar ao território estadunidense o México, o Caribe e toda a América Central, tornando estes seus escravos. Políticos importantes chegaram a ser membros deste grupo.

Bill Clinton teve ligações com a Ku Klux Klan?

O pai adotivo de Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos, foi o W. O. Vaught, um francomaçom que chegou ao 32º grau do Rito Escocês. Enquanto Clinton foi governador do Arkansas, na década de 1980, ele manteve a pena de morte e aplicou muitas vezes. Esse estado tem tradições fortes ligadas a espiritualidade, e boa parte da população é pobre. Alguns afirmam que Clinton não se importava com as mortes, principalmente se fossem negros.